SAAE entrega certificados a donos de restaurantes do Mercado do Produtor de Juazeiro

SAAE entrega certificados a donos de restaurantes do Mercado do Produtor de Juazeiro

Após realizar um trabalho de conscientização sobre a necessidade da implantação de caixas de gorduras junto aos proprietários de restaurantes e lanchonetes do entreposto comercial mais movimentado do Nordeste, o Serviço de Água e Saneamento Ambiental - SAAE/Juazeiro entregou certificados aos comerciantes que instalaram o equipamento e também aderiram à campanha de reaproveitamento do óleo de cozinha usado. Um dos primeiros a instalar a caixa de gordura em seu estabelecimento foi Antônio José Vieira, dono do Restaurante Henrique, que antes armazenava o óleo de forma indevida e não tinha um controle sobre a destinação e o reaproveitamento do mesmo. “Agradeço a equipe do SAAE pelo trabalho de conscientização não só comigo, mas também com os meus vizinhos que seguiram as orientações e implantaram a caixa de gordura em seus restaurantes”, pontuou Antônio que quinzenalmente repassa cinqüenta litros de óleo usado para a empresa Prest Limp parceira do SAAE neste projeto.

Ana Valéria, gerente do Restaurante do Gaucho recebeu a equipe do SAAE e firmou parceria para destinação correta do óleo usado no estabelecimento que ela gerencia. “Fico agradecida pela preocupação e pelo trabalho desenvolvido conosco dos restaurantes quanto à preservação do meio ambiente. A minha consciência está tranqüila em não mais jogar o óleo no ralo da pia”, acrescentou Valéria que recebeu um recipiente adequado para armazenar o óleo utilizado nas frituras do restaurante.

Desde que o SAAE iniciou o trabalho de conscientização ambiental diversos estabelecimentos já aderiram a caixa de gordura reduzindo consideravelmente as ocorrências de obstruções, principalmente em bares e restaurantes. O técnico em saneamento ambiental Wilson Alves, acredita que este trabalho contribui para maior eficiência na manutenção das redes coletoras de esgotos, uma vez que o óleo de frituras e outros restos de alimentos ficam retidos na caixa evitando os constantes entupimentos.  “A caixa retém toda gordura e evita a solidificação dentro da tubulação. Iniciamos esse trabalho de conscientização há cerca de três anos e os resultados são bastantes satisfatórios. Os comerciantes tem aderido a nossa proposta e, agora com a coleta e destino adequado do óleo usado na cozinha fortalecemos ainda mais o trabalho e a consciência de todos”, explica Wilson.

O técnico orienta ainda que para melhor eficiência da caixa de gordura a mesma deve ser limpa a cada 15 dias evitando assim o acumulo de dejetos e conseqüentemente o mau cheiro.  Os usuários que tenham interesse em mais informações sobre a caixa de gordura e a coleta de óleo usado devem entrar em contato com os setores social, resíduos sólidos e de meio ambiente do SAAE através do telefone: 3614-9800.

Ascom/SAAE: Antonio Pedro e André Calixto (estagiário)