COMITÊ GESTOR DE RESÍDUOS SÓLIDOS DE JUAZEIRO SE REÚNE PARA DEFINIR AS DIRETRIZES

COMITÊ GESTOR DE RESÍDUOS SÓLIDOS DE JUAZEIRO SE REÚNE PARA DEFINIR AS DIRETRIZES

Após vários levantamentos, análises, pesquisas e estudos sobre a geração, descarte e reaproveitamento dos resíduos sólidos e cumprindo a Lei 12.305/2010, o Serviço de Água e Saneamento Ambiental (SAAE/Juazeiro) iniciou a elaboração do Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos (PMGIRS) que visa estabelecer os princípios, objetivos, instrumentos e diretrizes para a gestão integrada e gerenciamento dos resíduos, além de definir a responsabilidades no ciclo de vida de cada produto e determinar os instrumentos econômicos aplicáveis. 

O PMGIRS é, na verdade, o planejamento que um município faz para um cenário de 20 anos com revisões a cada quatro anos sobre a gestão e o gerenciamento dos resíduos sólidos. Este plano constitui uma condição fundamental para que os municípios continuem tendo acesso a recursos da União Federal destinados ao setor de resíduos sólidos.

Instituído pelo Decreto Municipal Nº 585/2018, o Comitê Gestor do PMGIRS se reuniu pela primeira vez nesta quarta-feira (03), com o intuito de definir as estratégias e diretrizes que norteiam as próximas etapas que visam à plena execução do plano. Além de servidores do SAAE estiveram presentes representantes da Secretaria Municipal de  Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (SEMAURB), Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF), Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco (CODEVASF) e do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia da Bahia  (CREA/BA).

A advogada Ana Patrícia Gonçalves representou o diretor do SAAE Joaquim Neto, destacando os inúmeros investimentos que a autarquia tem feito desde que assumiu a coleta e o grande desafio de gerir os resíduos sólidos no município de Juazeiro. “Remanejamos os trabalhadores que buscavam seu sustento familiar no lixão da cidade, promovemos cursos de capacitação, cuidados com a higiene pessoal e fomentamos o convívio social, coletivo e harmônico no ambiente do trabalho e com a sociedade em geral. A parceria com a Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis visa organizar a entidade e os cooperados possam caminhar independentes rumo ao bem estar de todos. Esse processo vai exigir esforço de todos, principalmente na conscientização e na participação dos diversos segmentos da sociedade e instituições que possam agregar valores significativos na construção do plano”, pontuou Patrícia.

O engenheiro civil Henrique Santiago que coordena a equipe técnica do PMGIRS, está confiante para essa missão. “Participei de capacitações, seminários, congressos e fiz pesquisas e estudos com o objetivo de obter mais conhecimentos. Esse comitê é formado por vários órgãos e entidades e estamos iniciando o diagnóstico seguindo a metodologia indicada pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA). Na seqüência o Comitê Gestor estará providenciando a formação do Grupo de Sustentação, composto por organizações da sociedade civil, com vistas à participação popular, principal enfoque da metodologia indicada. Dentro das atividades do diagnóstico estamos com uma pesquisa online no endereço www.saaejuazeiro.com.br onde as pessoas podem acessar a página de resíduos sólidos e responder  o questionário para que possamos nortear a efetivação do plano”, enfatizou Santiago.

Também estiveram presentes: o técnico Ademir Fernandes representando a Semaurb, o professor  Clovis Ramos e o técnico Joaquim Feitosa pela UNIVASF, Belquior Scalzer  representou a CODEVASF e Paulo Leonardo Passos  o CREA/BA.  Compõem ainda o Comitê Gestor integrantes das secretarias municipais  de Governo, Educação e Juventude, Serviços Públicos,  Obras e Desenvolvimento Urbano, Serviço de Água e Saneamento Ambiental (SAAE),  Secretaria de Saúde, Universidade do Estado da Bahia (UNEB), Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza Intermunicipal (SINDILIMP) e Movimento Popular de Cidadania (MPC).

Antônio Pedro – Ascom/SAAE