SAAE realiza curso de integração para funcionários aprovados no REDA

SAAE realiza curso de integração para funcionários aprovados no REDA

Cerca de 40 funcionários aprovados no Regime Especial de Direito Administrativo (REDA) do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) de Juazeiro, participaram na última sexta-feira (18) de treinamento de integração admissional, aplicado pelo Departamento de Segurança do Trabalho da autarquia. 

Entre os assuntos abordados: Prevenção de acidentes; Segurança no trabalho; Normas internas; Riscos ambientais; Organização, higiene e acidentes no trabalho; Ordem de serviço; Uso obrigatório de EPI e sua conservação; Equipamentos de proteção coletiva (EPC); Sinalização das vias de circulação; Noções básicas sobre primeiros socorros; Utilização de produtos químicos em geral; e aspectos jurídicos da função pública. 

“Esse momento de integração é muito positivo, porque os colaboradores tomam conhecimento das normas da empresa, dos equipamentos que serão utilizados, como também recebem informações de como prevenir acidentes. O departamento de segurança durante todo o ano realiza cursos, palestras e treinamentos para que os funcionários renovem e ampliem seus conhecimentos”, pontuou o técnico em segurança do trabalho do SAAE, Josivaldo Nunes Barbosa.

Para o funcionário Gilvan Santos da Cruz, que exerce o cargo de encanador, o curso superou suas expectativas. “Para nós que estamos chegando é importante conhecer o funcionamento da empresa. Essa é a oportunidade que temos para tirarmos nossas dúvidas. Ao longo do tempo de trabalho, nós criamos muita confiança e a palestra só vem nos lembrar de que sempre é bom ter cuidado e mais atenção no serviço”, falou Gilvan.  

O diretor-presidente do SAAE, Joaquim Neto, ressalta a importância da realização do treinamento. “É preciso que os novos funcionários conheçam toda a regulamentação da autarquia, saibam da relevância da utilização dos equipamentos de proteção individual, coletiva e sua conservação para que previnam acidentes e minimizem os riscos da atividade laboral”, observou Neto. 

Serviços