SAAE garante qualidade da água com colocação de crepinas nos filtros da ETA

SAAE garante qualidade da água com colocação de crepinas nos filtros da ETA

Podemos definir a água como um elemento vital para nossa saúde, beleza e, principalmente sobrevivência. Para que a água captada nos mananciais se torne potável e possa ser consumida sem riscos à saúde humana é necessário todo um processo de tratamento para eliminar as partículas sólidas e microorganismos que podem causar doenças.

Em Juazeiro a água captada do Rio São Francisco é tratada e distribuída na Estação de Tratamento do Serviço Autônomo de Água e  Esgoto – SAAE, passando por todos os processos para garantir água de qualidade.  

Para continuar servindo água de qualidade aos seus usuários o SAAE iniciou a substituição de todo o material dos filtros, alguns construídos ainda pela Fundação Nacional de Saúde e que há mais de 20 anos não tinha o material filtrante trocado.  Para surpresa da equipe técnica foi verificado que em dois filtros, construídos em 2004, as crepinas (equipamento utilizado para evitar a passagem de areia e material segmentado nos filtros) já não mais funcionavam, pois foram feitas artesanalmente numa adaptação grosseira.  Segundo o engenheiro José Oliveira, um dos principais problemas de parada de sistemas de filtragem é o colapso de crepinas, com a areia invadindo o sistema e deixando de filtrar com precisão. “Cada filtro possui 552 crepinas e o não funcionamento delas compromete o tratamento eficaz da água. Estamos substituindo as adaptações por crepinas patenteadas e de alto desempenho garantindo assim a qualidade da água ofertada”, explica Oliveira.

Neste governo a direção do SAAE já adquiriu 19 filtros fabricados em fibra que aumentaram em mais de 60% a oferta de água tratada.

Serviços