Equipe técnico social apresenta aos moradores do Tabuleiro as obras de esgotamento sanitário

Equipe técnico social apresenta aos moradores do Tabuleiro as obras de esgotamento sanitário

Foi apresentado nesta quinta-feira, 14, aos moradores do bairro Tabuleiro, a obra de esgotamento sanitário que o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) está realizando na cidade. A reunião foi conduzida pela equipe técnico social da obra. 

“Nas próximas semanas estaremos aqui no bairro realizando visitas domiciliares e o cadastro das residências. Estaremos também com o plantão social ouvindo a comunidade sobre o andamento dos serviços, bem como passando as informações necessárias a respeito das obras”, esclareceu Rosana Oliveira, assistente social do SAAE.

Durante o encontro foi realizada a eleição para a formação da Comissão de Acompanhamento da Obra (CAO), moradores que serão os fiscalizadores. Os eleitos foram Roberval Santos, José Erivan Manoel da Silva, Iraildo Ferreira, Manoel Sirino, Valci Gama e Ironaldo Rodrigues.

O coordenador do projeto de saneamento, o engenheiro do SAAE Henrique Santiago, informou aos moradores que o investimento inicial da obra é de R$ 65 milhões, e que o repasse foi de R$ 59 milhões, ficando o SAAE com a contrapartida no valor de R$ 16 milhões.

O projeto contempla a edificação de 20 estações elevatórias de esgoto (04 já em funcionamento e as demais em construção); 95 quilômetros de redes condominiais e 220 quilômetros de redes convencionais; 15 mil ligações domiciliares e três mil ligações intradomiciliares, além da ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), aumentando a capacidade em 90%.  “Assumimos as obras de saneamento há dois anos e estamos cumprindo todos os prazos planejados. É importante que a população participe e fiscalize”, colocou o diretor-presidente do SAAE, Joaquim Neto.

Em nome da comunidade, o presidente da Associação de Moradores do Tabuleiro, Sidney Barbosa, externou que a obra a realização de um sonho. “Estamos vivenciando outro momento em nosso bairro, é uma obra esperada por todos. Saneamento básico é saúde. Após a conclusão das obras não teremos mais esgotos a céu aberto e nem mosquitos em nossas casas”, disse Sidney.

Serviços